Determinações Fetichistas

Alguns percalços semi-alados
Daqueles loucos que vagueiam sem saber
Onde ir, e porque
Semi-gótico
semiótico
É... a eterna dúvida cruel de existir
O enfim chegará talvez num sopro
Ou nas notas de umas cordas tortas
Apelo
Desapego
E muito medo se fundem no anseio
Cosmopolita de ser
Mas hão de convir que não é possível viver
sem questionar
Não é possível pra eles
Então não há como
Não há saída senão responder ao chamado das ondas
Sair percorrendo o chão das acácias
Sei la pra onde
Mas sei porque

Nenhum comentário: